COISAS QUE DIGO

Quando amar muito é pouco

Desabafo sobre quando amar muito é pouco…

“Já me disseram que só amo gente louca. É que a graça não é só beijar na boca.”, Elana Dara. Hoje apetece-me desabafar sobre quando amar muito é, por muito que custe, pouco. Estou convicto de que amar é a razão pela qual fomos criados. Antes de mais nada,...
À conversa com a Insegurança

À conversa com a insegurança emocional

[se estou a falar com emoções, é óbvio que se trata de insegurança emocional, mas o SEO diz que é melhor reforçar 🤷] Ricardo: Olá, Insegurança emocional [lá está]. Anda, que está tudo bem. Insegurança: De antemão, não sei se sou boa para isto… R: Naturalmente....
à conversa com a tentação

À conversa com a Tentação

[Lead me not indo temptation. Oh, who am I kidding? Follow me. I know a shortcut!  –  vai lá resistir à tentação] Ricardo: [em tom meditativo] Preciso de resistir à tentação; Preciso de resis… Sai para lá, Tentação! Que raio estás aqui a fazer?! Tentação:...
À conversa com a Cobardia

À conversa com a Cobardia

[que treta de conversa esta para tentar compreender a cobardia…] Ricardo: Então, tansa! Como é que é? ‘Tás boazinha ou não queres dizer? Cobardia: Antes de mais, receção deixa-me um bocado intimidada, sabes? Fico um pouco bloqueada. R: E que não fosse. Até...
À conversa com a Traição

À conversa com a Traição

[Lembro-me bem de ter tido esta conversa. Já foi há algum tempo. Aprender a lidar com a Traição é tudo menos fácil. Se esta conversa fosse hoje seria, certamente, muito diferente. Talvez voltemos a falar um dia destes…] Ricardo: Olá, Traição. Não te vou dizer...
À conversa com a Contrariedade

À conversa com a Contrariedade

[Aviso desde logo que já vou para esta de trombas!]   Ricardo: Olá, Contrariedade. Bem-vinda. Contrariedade: …. R: Contrariedade? Anda lá… C: … R: Contrariedade, estou a falar contigo. C: Não me apetece falar. R: Então o que é que te apetece? C:...
À conversa com a Culpa

À conversa com a Culpa

[Esta vai ser das boas… ou não!…] Ricardo: Olá, Culpa. Preferes Culpa? Responsabilidade? Autoria? Culpa: Acho que Culpa é o mais acertado. A Responsabilidade pode existir sem intenção, mas o meu propósito é massacrar pela intencionalidade. Tenho para mim que a...
À conversa com o Desapego

À conversa com o Desapego

(Há algum tempo aconselharam-me a falar com as minhas emoções. Bem mandado, assim fiz. Algumas conversas têm sido ótimas, outras difíceis, outras uma seca do caraças. Decidi colocá-las aqui.)   Ricardo: Bem-vindo, Desapego. É quase irónico receber-te. És mais...
como se cria uma pessoa racista?

Como se cria uma pessoa racista?

Como se cria uma pessoa racista? – Nota introdutória Acerca deste texto sobre como se cria uma pessoa racista, é importante esclarecer desde já que este artigo só pode ser lido por criaturas que consigam distinguir conceitos como compreender, aceitar, concordar,...